Por que usar o dicionário?

Postado em 27/08/2017

Por que usar o dicionário?

Quando entramos em contato com algo novo, nem sempre entendemos exatamente do que se trata. Nossa curiosidade e sede de saber, entretanto, requerem um entendimento pleno. No caso das palavras, para satisfazer plenamente tal entendimento, há um recurso muito simples e prático: o dicionário.

Segundo o próprio dicionário, a definição para esta palavra é: "conjunto de vocábulos de uma língua ou de termos próprios de uma ciência ou arte, dispostos, em geral, alfabeticamente, e com respectivo significado, ou a sua versão em outra língua."

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), fora ou dentro da escola, um dicionário pode prestar muitos e variados serviços; cada um deles associado a um determinado aspecto da descrição lexicográfica, ou seja, do conjunto de explicações que ele fornece sobre cada uma das palavras registradas. Vejamos os mais importantes desses serviços:

• indicar o domínio, ou seja, o campo do conhecimento ou a esfera de atividade a que a palavra está mais intimamente relacionada; tal informação é particularmente importante quando uma mesma palavra assume sentidos distintos (ou acepções) em diferentes domínios, como "planta", em biologia e em arquitetura;

• dar informações sobre as funções gramaticais da palavra, como sua classificação e características morfossintática (descrição gramatical);

• indicar os contextos mais típicos de uso do vocábulo e, portanto, os valores sociais e/ou afetivos a ele associados (níveis de linguagem; estilo);

• assinalar, quando é o caso, o caráter regional de uma palavra (informação dialetológica);

• descrever a pronúncia culta de termos do português (ortoépia) e a pronúncia aproximada de empréstimos não aportuguesados;

• prestar informações sobre a história da palavra na língua (datação; indicação de arcaísmos e de expressões em desuso)

• revelar a origem de um vocábulo (etimologia). 

Outras Notícias

 

Notas baixas no boletim! E agora?
Postado em 14/01/2018

O boletim do seu filho chegou. E tem nota vermelha na parada. Antes de ter uma síncope e sair esbravejando, pare para entender o motivo. Notas vermelhas, ou abaixo da média, nada mais são do que o resultado de um processo. Por isso, é importante, durante todo o bimestr...
leia mais »

É normal que minha filha tão pequena já seja tímida?
Postado em 07/01/2018

Sim, a timidez é bem normal entre 1 e 3 anos de idade. Há duas razões principais para explicar a timidez e o excesso de vergonha nessa fase. Uma é o temperamento de cada pessoa. Os especialistas acreditam que a timidez seja em parte genética e em parte resultado...
leia mais »

Professores dão 11 dicas para se dar bem em provas dissertativas
Postado em 31/12/2017

Em provas dissertativas, nenhuma resposta é dada como opção e a única alternativa é confiar no próprio aprendizado, estudo, dedicação. Como afirma a coordenadora pedagógica do curso Objetivo Vera Lú...
leia mais »