É normal que minha filha tão pequena já seja tímida?

Postado em 07/01/2018

É normal que minha filha tão pequena já seja tímida?

Sim, a timidez é bem normal entre 1 e 3 anos de idade. Há duas razões principais para explicar a timidez e o excesso de vergonha nessa fase. Uma é o temperamento de cada pessoa. Os especialistas acreditam que a timidez seja em parte genética e em parte resultado das circunstâncias de vida.

Seu filho sempre foi mais quietinho, envergonhado, apegado às pessoas que mais conhecia? Então provavelmente ele é tímido por natureza, e precisa de um pouco mais de tempo para se acostumar a situações novas.

A outra razão é a ansiedade da separação, que aparece praticamente em todas as crianças mais ou menos no final do primeiro ano de vida, e que costuma ir diminuindo quando ela está perto de completar 2 anos.

Ainda não dá para saber ao certo qual é o motivo da timidez do seu filho, mas vocês dois vão se beneficiar se você não esquentar muito a cabeça com isso.

O que você pode fazer para ajudá-lo a se sentir mais seguro para brincar com os amiguinhos ou falar com adultos? Temos algumas dicas:

- Procure não rotulá-lo, chamando-o de "tímido" quando o apresenta aos outros, por exemplo. Se você quer explicar por que ele está com a cabeça enfiada na sua perna, diga talvez: "Ah, não se preocupe, ele demora um pouquinho para se acostumar com pessoas novas, daqui a pouco ele conversa com você".

- Vá brincar junto com ele no começo -- numa festa de aniversário, por exemplo. Quando sentir que está mais à vontade, vá se afastando aos pouquinhos.

- Não faça pouco dos sentimentos dele, mostre que você entende que ele esteja desconfortável naquela situação.

- Sempre que ele se esforçar para conversar com alguém ou brincar com um amiguinho, incentive-o, elogie-o e mostre como a brincadeira está divertida. Um amigo ou um irmão mais expansivos são um ótimo jeito de fazê-lo se soltar mais.

- Procure lugares mais calmos ou com menos crianças para que ele não se assuste e "trave" logo de cara. Chegar cedo a festinhas de aniversário é uma boa dica. E, se ele não conseguir participar da apresentação de teatro da escola, procure não se frustrar. Imagine como você ia se sentir se estivesse diante daquela gente toda olhando para a sua cara.

Outras Notícias

 

O momento mágico de contar histórias
Postado em 13/03/2019

Mais que uma linguagem prazerosa e educativa, a ação de contar e ouvir histórias possibilita o resgate da memória cultural e afetiva. Contar histórias é a mais antiga das artes. Nos velhos tempos, o povo se reunia ao redor do fogo para se esquentar, alegr...
leia mais »

6 erros que os pais cometem na hora da bronca
Postado em 06/03/2019

Por Naíma Saleh / Crescer

Sim, pai e mãe pisam na bola de vez em quando, até mesmo quando a intenção é educar e ensinar o que é certo. Muitas vezes, quando seu filho apronta uma ar...
leia mais »

A Criança e os Hábitos
Postado em 27/02/2019

Lembre-se sempre que, a mente de uma criança é como uma folha de papel em branco, na qual podemos escrever qualquer coisa.

Nessa folha em branco, que é a sua mente, que logo se transformará em sua personalidade, identificando-o como um indivíduo que pe...
leia mais »