Com os jogos, as crianças aprendem que ganhar e perder faz parte da vida

Postado em 12/08/2017

Com os jogos, as crianças aprendem que ganhar e perder faz parte da vida

Sentados em grupo, crianças, jovens, homens, mulheres e idosos lançam dados, viram cartas e movimentam peças de acordo com regras preestabelecidas e acordadas por todos. Em resumo, jogam. E, consequentemente, se divertem, desafiam uns aos outros, passam o tempo. Um olhar atento mostra algo mais: jogos de tabuleiro revelam peculiaridades da cultura de um povo. Alguns tradicionais, como o Jogo da Glória, surgiram como forma de simbolizar a vida e a morte. Outros demonstravam em sua origem a importância das estratégias de guerra, como o xadrez, e as crenças de um povo, como o mancala.

Levando em conta essas características de comportamento e cultura, quando se transforma em espaço de jogo, a escola possibilita a construção de saberes. O desafio de uma partida proporciona a elaboração e a exploração de questões relacionadas à sociabilidade (que se dá por intermédio de regras) e ao desenvolvimento de estratégias. Detalhes que chamam a atenção para a possibilidade de trabalhar com tabuleiros sem a obrigatoriedade de vincular a atividade às áreas do conhecimento.

"É importante que as crianças descubram o gosto do brincar por si só", defende Adriana Klisys, diretora da Caleidoscópio Brincadeira e Arte, em São Paulo. Esse tipo de abordagem não deve ser encarado pelos educadores como uma perda de tempo. "Há vários ganhos importantes para o desenvolvimento dos pequenos, embora possam não parecer importantes ou concretos à primeira vista", explica Adriana.

Fonte: Bianca Bibiano

Fonte da Imagem: Google imagens

Link da Imagem: http://revistaescola.abril.com.br/educacao-infantil/4-a-6-anos/jogos-criancas-aprendem-ganhar-perder-faz-parte-vida-613001.shtml

Outras Notícias

 

Estar online é preciso… mas brincar muito também!
Postado em 16/06/2018

Estar online é preciso… mas brincar muito também!

“As crianças de agora só querem jogar no computador e estar na internet”, é uma expressão cada vez mais freqüente nos adultos atualmente. Pais e avós que estranham ...
leia mais »

Os perigos da adultização das crianças
Postado em 09/06/2018

Nos tempos atuais, as crianças estão se tornando pequenos adultos. Cada vez mais cedo, as crianças assumem responsabilidades, disputam competições e tentam se tornar cada vez mais competentes.

Pipocam no comércio artigos à venda para o p&...
leia mais »

Como construir história em quadrinhos com os alunos
Postado em 02/06/2018

Não se sabe ao certo a origem das HQ (histórias em quadrinhos), mas segundo estudiosos da área, o primeiro super-herói de história em quadrinhos a se tornar ídolo foi o Superman, em 1938.

Vale ressaltar que antes dele já existia outros co...
leia mais »