Benefícios de Aprender um Segundo Idioma na Infância

Postado em 10/12/2017

 Benefícios de Aprender  um Segundo Idioma na Infância

Como adultos, percebemos muitas vezes o quanto é difícil aprender uma nova língua, mas para as crianças é fácil.

A verdade é que as crianças aprendem e retêm idiomas com facilidade, principalmente se forem expostas a eles logo no início da vida. Isto acontece porque assim como um bebê aprende com facilidade uma palavra relacionada a um item, também o jovem cérebro das crianças consegue aprender rapidamente uma segunda palavra para o mesmo item.

Pesquisas recentes sugerem que crianças que são educadas através de um formato bilíngüe têm experiências mais avançadas no desenvolvimento cognitivo e portanto se destacam em relação aos seus colegas monolíngües. Por exemplo, as crianças bilíngües têm melhor desempenho na capacidade analítica, na formação de conceitos e nas habilidades metalingüísticas.

Qual é a vantagem se meu filho aprender um segundo idioma antes do ensino médio?

Ele terá melhores chances de falar o segundo idioma com uma pronuncia nativa ou uma quase nativa.

Quanto mais cedo seu filho iniciar, melhor. Acredite ou não, segundo os especialistas, as crianças até os cinco anos de idade têm a capacidade de aprender cinco idiomas simultaneamente. Se o cérebro do seu filho estiver familiarizado desde cedo com a aprendizagem de um segundo idioma, ele terá uma avançada facilidade para aprender qualquer outro idioma à sua escolha mais tarde na vida.

Outras Notícias

 

Notas baixas no boletim! E agora?
Postado em 14/01/2018

O boletim do seu filho chegou. E tem nota vermelha na parada. Antes de ter uma síncope e sair esbravejando, pare para entender o motivo. Notas vermelhas, ou abaixo da média, nada mais são do que o resultado de um processo. Por isso, é importante, durante todo o bimestr...
leia mais »

É normal que minha filha tão pequena já seja tímida?
Postado em 07/01/2018

Sim, a timidez é bem normal entre 1 e 3 anos de idade. Há duas razões principais para explicar a timidez e o excesso de vergonha nessa fase. Uma é o temperamento de cada pessoa. Os especialistas acreditam que a timidez seja em parte genética e em parte resultado...
leia mais »

Professores dão 11 dicas para se dar bem em provas dissertativas
Postado em 31/12/2017

Em provas dissertativas, nenhuma resposta é dada como opção e a única alternativa é confiar no próprio aprendizado, estudo, dedicação. Como afirma a coordenadora pedagógica do curso Objetivo Vera Lú...
leia mais »